Toyota de Buemi, Hartley e Hirakawa vence as 24h de Le Mans

Quinta vitória consecutiva da Toyota nas 24h de Le Mans (terceira etapa do WEC 2022). Com mais uma exibição praticamente impecável dos GR010 Hybrid da Gazoo Racing. O único problema mais sério definiu a vitória para o #8, com Sebastien Buemi (quarto triunfo), Brandon Hartley (terceiro) e o estreante Rio Hirakawa.

Com quase 16 horas de prova, o #7 (José Maria López / Mike Conway / Kamui Kobayashi) sofreu uma pane momentânea na saída da Curva Arnage. O tempo necessário para resetar os sistemas permitiu ao #8 tomar a liderança de forma definitiva. O pódio geral foi completado pelo Glickenhaus 007LMH #709 (Ryan Briscoe / Frank Mailleux / Richard Westbrook), a cinco voltas dos líderes. O protótipo do time norte-americano perdeu tempo nos boxes ainda nas primeiras horas.

O #708, de Pipo Derani, Romain Dumas e Olivier Pla se recuperou para receber a bandeirada em quarto, depois que um acidente do último ao sair de um pitstop com pneus frios exigiu reparos mais demorados. O Alpine A480 Gibson de André Negrão, Mathieu Vaxiviere e Nicolas Lapierre cruzou em 23º na geral. Depois dos problemas de embreagem e ignição nas primeiras seis horas, Vaxiviere bateu ao tentar superar um GT, o que limitou a recuperação do trio.

LMP2

Na LMP2, classe mais numerosa (27 carros), a primeira posição teve dono praticamente desde o início. O Oreca Gibson #38 da JOTA Racing – Antonio Felix da Costa, Will Stevens e Roberto Gonzalez –; fez uma corrida à parte. Segunda posição para o #9 da Prema, de Robert Kubica, Louis Deletraz e Lorenzo Colombo.

Felipe Nasr e o Oreca #5 da Penske ficaram com a quinta posição na categoria (Dane Cameron e Emmanuel Collard completaram o trio). O #43, de Pietro Fittipaldi, se manteve entre os 10 primeiros na primeira metade da prova, mas problemas ao amanhecer o atrasaram, para terminar em 14º.

GTE

Daniel Serra garantiu mais um pódio na clássica da endurance, com a segunda posição na GTE Pro, a bordo da Ferrari 488 GTE Evo #51 da AF Corse. Se os carros italianos foram prejudicados pelo Balance of Performance, o tri da Stock; Alessandro Pierguidi e James Calado conseguiram ficar distantes dos problemas que tiraram da disputa os dois Corvette C8R e atrasaram o Porsche 911 RSR #92 (estouro de pneu). Melhor para o 911 #91, de Gianmaria Bruni; Fred Makowiecki e Richard Lietz.

Felipe Fraga, Sam Bird e Shane van Gisbergen levaram a Ferrari 488 #74 da Riley / Bee Safe Racing à quinta posição.

Na GTE Am, o domínio inicial da Porsche deu lugar à vitória do Aston Martin Vantage #33 da TF Sports, com Marco Sorensen, Henrique Chaves e Ben Keating. O 911 RSR #93 do ator Michael Fassbender completou a maratona na 16ª posição da divisão.

Siga o Racemotor nas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter

Comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência. Clique em Aceitar se concordar. Aceitar Leia mais