Ganassi vence a primeira na Extreme E

Vencedores inéditos no primeiro dos dois Island X Prix da Extreme E, na ilha italiana da Sardenha. Kyle LeDuc e Sara Price levaram o GMC Hummer EV (buggy Odyssey 21 com formas do SUV elétrico) da Ganassi à primeira posição na final, ajudados pela punição aplicada à dupla da RXR, que cruzou a linha na frente. O sueco Johan Kristofferson, atual campeão, colidiu com Carlos Sainz, o que fez o carro do espanhol capotar e interrompeu a bateria decisiva com bandeira vermelha.

Os vencedores vieram da Crazy Race – a prova que reúne os times que não avançaram às semifinais pela quinta e última vaga na corrida principal. A californiana Price (que disputou no Brasil a primeira etapa da Rallymakers UTV Cup) chegou a rodar, mas se recuperou para que a dupla norte-americana batesse a Cupra (Jutta Kleinschmidt/Nasser Al-Attiyah) por apenas 0s128.

Nessa prova, Emma Gilmour também capotou com o buggy da McLaren. Assim como no caso de Sainz, a estrutura em aço reforçada pelo Nióbio da brasileira CBMM fez sua parte.

Problemas na semifinal encerraram mais cedo a participação da X44, de Lewis Hamilton, com Cristina Gutierrez e Sebastien Loeb. Já a XITE Racing, com Timo Scheider e Tamara Molinaro, conseguiu seu melhor resultado nas duas temporadas da Extreme E, com a sétima posição.

Neste sábado os times voltam a acelerar no circuito de sete quilômetros de extensão montado em uma instalação militar. É a vez dos treinos para o segundo Island X Prix, no domingo.

Extreme E

Segunda etapa: Island X Prix (Itália)

Final

  1. No.99 GMC Hummer EV Chip Ganassi Racing
  2. XITE ENERGY Racing +11.853
  3. Rosberg X Racing +19.637
  4. JBXE +23.434
  5. ACCIONA | SAINZ XE Team DNF

Comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência. Clique em Aceitar se concordar. Aceitar Leia mais