Os melhores do Ibitipoca Off-Road 2022

Motos e veículos 4×4 desbravaram mais uma vez as trilhas de uma região que é cartão postal da Zona da Mata mineira (e do estado) na 32ª edição do Ibitipoca Off-Road. Mais uma vez, participantes de todo o país marcaram presença na prova que, sobre duas rodas, foi válida pelo Brasileiro de Enduro de Regularidade. Com trilhas e estradas de terra de diferentes graus de dificuldade, os dois dias (e mais de 400 quilômetros percorridos) testaram os competidores de forma completa.

Foram nada menos que 460 motos e 40 carros em ação, no roteiro tradicional, embora sempre por caminhos diferentes. De Juiz de Fora, a caravana seguiu rumo a Lima Duarte (cidade onde está localizado o Autódromo Potenza) para o neutralizado e, de lá, rumo ao distrito de Conceição de Ibitipoca, que marcou o fim do primeiro dia. No segundo, direção invertida, para consagrar os melhores da edição em Juiz de Fora.

Nas duas rodas, a vitória na categoria Elite ficou com o experiente Emerson Loth, o Bombadinho (KTM Protork). O fluminense radicado no Paraná foi o melhor no segundo trecho, tanto do primeiro dia quanto do segundo (ET2 e ET4). Na soma final, chegou a 88 pontos, cinco a mais que Luciano Vasconcelos Paiva (Q4 Enduro), piloto de Sete Lagoas (MG). O também mineiro Rodrigo Souza terminou em terceiro, seguido pelo baiano Guilherme Trancoso e pelo catarinense Guilherme Cascaes.

Além da Elite, apenas outras quatro categorias das 19 não foram vencidas pelos pilotos da casa. O paranaense Cláudio Hiert levou na Over 45, mesmo caso do paulista George Parik na Over 60. Os cariocas Saul Zakkour e Wenderson Nenel foram os melhores na Dupla Over 45. E a goiana Bárbara Neves (Honda Racing) terminou à frente na Feminino, que contou com seis competidoras. Destaque também para a vitória de Dário Julio na Over 40 – o piloto de Lavras é um dos grandes nomes do enduro e rally brasileiros nas últimas décadas e atualmente comanda o time oficial Honda na segunda modalidade.

Quatro rodas

Nos carros a disputa também foi de alto nível técnico – Juiz de Fora é um dos polos dos ralis de regularidade no país. Não por acaso, as duplas da região dominaram nas cinco categorias. Os juiz-foranos Anibal Maini Vieira e Fernando Torquato foram os grandes campeões na Master, que reúne pilotos e navegadores mais experientes. (com colaboração de Ângelo Savastano).

Ibitipoca Off-Road 2022

Campeões

MOTOS:
Cat. Elite: Emerson Loth “Bomba” – Curitiba PR
Cat. Graduado: Saulo Mateus Bolandini – Juiz de Fora MG
Cat. Over 40: Dário Júlio – Lavras MG
Cat. Dupla Grad: Gabriel C. Calcado e Rogério Toledo Filho – Ubá MG
Cat. Brasil Graduado: Jean Pablo Teixeira – Lima Duarte MG
Cat. Over 45: Claudio Hiert – Toledo PR
Cat. Intermediária: José Victor Nascimento Silva – Lavras MG
Cat. Over 50: Fabio Manoel S. Pontes – Belo Horizonte MG
Cat. Brasil Iniciante: Gabriel Amaral Ferreira – Moema MG
Cat. Dup. Over35: José L. Lopardi e Domingos Caputo – Matias Barbosa MG
Cat. Dupla Junior: Noé Oliveira Junior e Pedro Araújo – Formiga MG
Cat. Dup. Over 45: Saul Zakkour e Wenderson Nenel– Rio de Janeiro RJ
Cat. Over 55: Edson de Castro Maciel – Lagoa da Prata MG
Cat. Over 60: George Parik – Jandira SP
Cat. Feminino: Barbara Neves Gonzaga – Aparecida de Goiania GO
Cat. Novato: José Junior – Belo Horizonte MG
Cat. Dupla Novato: Francisco J. Silva e Luiz H. Pissolati – Antonio Carlos MG
Cat. Dupla Pais e Filhos: Gabriel e Thanus Lancini – Juiz de Fora MG
Cat. GPS: Geraldo José Teixeira Neto – Paraopeba MG

CARROS:
Cat. Master : Anibal Maini Vieira e Fernando Torquato – Juiz de Fora MG
Cat. Graduado: Antonio M. Ribeiro Filho e Marcelo A. Novaes – Guarani MG
Cat. Turismo: Guilherme A Fonseca e Leonardo G. Sato – Juiz de Fora MG
Cat. Turismo Light: Guilherme P. Gomes e Leonardo P. de Paula – São João Nepomuceno MG
Cat. Pais e Filhos: Sandro e Bernardo Laguardia – Juiz de Fora MG

Siga o Racemotor nas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter

Comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência. Clique em Aceitar se concordar. Aceitar Leia mais