FIA modifica nomes das categorias nos ralis cross-country

Novidade no cenário dos ralis cross-country para 2024. Na última reunião de seu Conselho Mundial, em Genebra (Suíça), a FIA tornou oficial a mudança de nome das categorias da modalidade nas provas e campeonatos internacionais. Saem as siglas (com uma exceção) e entram os nomes. A ideia é tornar mais simples o entendimento das diferentes classes e simplificar a terminologia usada.

A T1 (que inclui as subdivisões T1+, T1 e T1U, para energias alternativas), passa a ser conhecida como Ultimate. A T2 (para modelos derivados de produção) se transforma em Stock. A divisão T3 dos UTVs, que agrupa protótipos e modelos de maior preparação vira Challenger. E a T4 (modelos de menor preparação) ganha uma das siglas pela qual esse tipo de máquina é conhecido internacionalmente: SSV, ou side by side vehicle. A T5, para os caminhões, adota um nome lógico: Truck.

A nomenclatura dos eventos também será alterada: as provas de rally cross-country passam a ser conhecidas como Rally-Raid, e os eventos mais longos, como o Dakar, se tornam Marathon Rally-Raid. Justamente o Dakar 2024 marcará a estreia dos novos nomes – a A.S.O., promotora do Mundial (W2RC) participou dos estudos para as mudanças.

Os diferentes países podem manter suas próprias divisões de categorias nas competições nacionais, de acordo como o entendimento das federações / confederações.

Siga o Racemotor no:

Threads

Instagram

Facebook

Twitter

Você também pode gostar
Mostrar comentários (1)

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência. Clique em Aceitar se concordar. AceitarLeia mais