Bicampeão lidera treinos de terça para a Indy 500

Takuma Sato foi o mais rápido da terça-feira de treinos livres que abriu a programação da 106ª edição das 500 Milhas de Indianápolis. Na segunda sessão, à tarde, o piloto do Dallara Honda #51 (Dale Coyne with Rick Ware) conseguiu uma volta em 228.939 milhas horárias (368,36 km/h), com a ajuda do vácuo.

Os motores japoneses, aliás, ficaram com as quatro primeiras posições – depois de Sato veio um trio da Chip Ganassi Racing –; Scott Dixon (227.768 mph) no Dallara #9; um cada vez mais impressionante Jimmie Johnson (227.722 mph) no Dallara #48 e o sueco Marcus Ericsson, no #8 (227.094 mph).

Rinus VeeKay, em quinto, foi o melhor representante da Chevrolet com o Dallara #21 da Ed Carpenter Racing. O holandês, aliás, registrou a melhor média com a pista livre, sempre um bom indicativo para a qualificação.

Dos brasileiros, Tony Kanaan foi o décimo com o Dallara Honda #1 da Ganassi (226.292 mph, ou 364,10 km/h), confirmando o potencial do time, que alinha cinco máquinas este ano. O tetracampeão Hélio Castroneves fechou o dia em 22º no Dallara Honda #06 da Meyer Shank. Marcou 224.928 mph (361,90 km/h) em sua melhor volta.

“Nós testamos algumas peças novas colocadas após o acidente (do Open Test), andamos no tráfego para começar a trabalhar na condição de corrida, com o tanque cheio. O progresso está acontecendo de forma segura para que a gente tenha certeza de que no momento certo tudo está pronto”, disse Helinho.

A programação de treinos livres prossegue nesta quarta-feira, com mais duas sessões.

500 Milhas de Indianápolis 2022

Siga o Racemotor nas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter

Comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência. Clique em Aceitar se concordar. Aceitar Leia mais