Rea vence disputa de titãs no WSBK em Assen. Granado é pódio na Espanha

O que foi um duelo na temporada 2021 se transformou numa disputa de três pilotos pela ponta no Mundial de Superbike (WSBK). A primeira corrida da segunda etapa, em Assen (Holanda), confirmou que a briga entre Jonathan Rea (Kawasaki ZX10-RR/KRT); o atual campeão Toprak Razgatlioglu (Yamaha YZF R1/Pata Yamaha with Brixx) e Alvaro Bautista (Ducati Panigale V4R/Aruba.it Ducati) será uma constante este ano. Desta vez, vantagem para Rea, ao fim de uma batalha espetacular na ‘Catedral da Velocidade’.

Toprak conquistou a pole e manteve a ponta nas primeiras voltas, até que Rea o superasse na terceira volta. O turco deu o troco, mas o britânico levou a melhor na 16ª volta. Bautista, que havia largado em quinto, logo encostou na dupla e, depois de superar a Yamaha #1, partiu ao ataque do líder. Na última volta, tentou a ultrapassagem na chicane que antecede a reta, mas o piloto da Kawasaki levou a melhor por 0s103. Razgatlioglu completou o pódio, seguido pelo companheiro de equipe Andrea Locatelli e por Iker Lecuona (Honda CBR1000RR-R/HRC).

O estreante Peter Oettl conquistou seu melhor resultado com a Ducati Panigale V4R do Team GoEleven: sétimo.

Mundial de Superbike

Segunda etapa: Assen (HOL)

Pódio para Granado

Eric Granado (Honda CBR1000RR-R/team Laglisse) conquistou seu primeiro pódio do ano no Espanhol de Superbike. Na corrida que abriu a segunda etapa do campeonato, no Circuito Ricardo Tormo de Valencia, o paulista recebeu a bandeirada em segundo. Foi superado apenas pelo companheiro de equipe Tito Rabat, ex-campeão mundial da Moto2. Granado havia largado em quinto.

Na Supersport 600 NG, Meikon Kawakami (Yamaha R6/AD78 Team Brasil) ficou com a quinta posição. Todas as categorias voltam à pista neste domingo (24) para a segunda corrida.

Siga o Racemotor nas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter

Comentário

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência. Clique em Aceitar se concordar. Aceitar Leia mais